Últimos Posts


OIê gente ^^ Simbora falar de livro
Esse é o Escrita Maldita, do Ben Oliveira ... autor que eu admiro bastante e sigo em tudo que é canto kkk
Autor independente, esse livro físico comprei por ele, tem o ebook na amazon ^^

O livro é um "thriller psicológico" *posso falar isso*?
Conta a história de dois autores de terror que se juntam para escrever um livro, porém ao longo desse processo criativo muita coisa acontece e se eu falar mais é spoiler kk então.. *cala-te boca Mateus*
Mas quem for ler vai ver que o envolvimento com uma história pode estar além de seu mundo imaginário.

No skoob minha opinião foi:
Despertador de curiosidades
Leitura que flui, história que você consegue ser transportado pra dentro, e com isso
você observa quando o personagem sai do real e começa a entrar na insanidade.
O real, o sobrenatural, nunca estiveram tão pertos.
Daniel Luckman começa a escrever com seu escritor favorito Laurence Loud, porém essa parceria despertou coisas que sempre estiveram escondidas, e o que fazer quando a história dos seus livros começa a acontecer na vida real? O que fazer quando a sua inspiração não vem da sua cabeça e sim das sombras? 
Uhhhhhhh arrasei ..zoas
Gente eu amei o livro ... nuss eu lendo e pá e pá ... leitura que flui bem .. que consegue fazer vc entrar na história. Tem transtorno mental, tem sobrenatural.



E no livro o autor tem todo um ritual pra escrever, e na história ele acaba se privando bastante da amada... então eu perguntei pro autor:

Estava namorando ao escrever o livro? Acha que o relacionamento atrapalha no processo criativo, por o autor do livro se privar um pouco da mulher, e a obsessão com os personagens e escrita que são citados no livro?

Estava, sim. Não diria que atrapalha, mas exige uma rotina que nem sempre é fácil de explicar. O processo pode ser intenso. Nos períodos em que a escrita mais flui, acredito que o escritor precisa de alguém que entenda. Pode ser bem solitário, pois é algo muito interno. Se você começa a inventar desculpas ou se não diz não para as coisas, a escrita simplesmente não acontece. São necessários esse tempo e espaço para criar, assim como é preciso uma âncora para trazer de volta à realidade.

No caso do personagem é mais intenso, pois ele lida com transtornos que sempre ignorou.

Então, o distanciamento vai além da escrita, vai também da incapacidade de oferecer aquilo que sempre faltou. O abandono dos pais, a negligência emocional.


E isso que ele falou pode ser notado no livro quando a esposa é reconhecida como essa âncora.
Quem quiser comprar o livro ele está disponível como e-book kindle na amazon:


(baratinho <3 tanto que comprei ebook tbm pq não aguentei esperar o físico chegar hihihi)


Então é isso pessoal !! fica a recomendação e claro que eu não ia deixar de mostrar minha linda dedicatória que eu ganhei do autor ao comprar o livro.


Bye ^^ /
(OBS: o físico ainda não está a venda na amazon, porém o autor fez uma tiragem própria e eu corri pra comprar na mão dele, quem estiver interessado no físico teria que conversar com ele pra saber se ainda tem .. o que não é problema pois ele é super gente boa e responde rapidola.)
Vocês podem encontrar o Ben no blog dele www.benoliveira.com.
Lá tem todas as redes sociais.




Hey povo ^^ 
Hoje vim falar duma série que pintou no Netflix, e que eu já me viciei... sou fã de Harry Potter e qualquer resquício de associação a HP já to vendo kkk
E essa não passou muito longe, apesar de ser mais infantil, tem as vassouras, os caldeirões, e os efeitos especiais aceitáveis <3


É com grande pesar que começo a escrever esse texto, porque sei que já tive dias melhores e talvez esteja vivendo um desses dias mas escolhi fechar meus olhos e imaginar um mundo desabando, um mundo imaginário que crio na minha mente quando estou pensativo e que entristece a mim e os que estão a minha volta. Acho que todos temos nossos momentos de reflexão e de tristeza, as vezes encobrimos com sorrisos e uma animação de querer melhorar o dia mas os problemas sempre batem a porta para nos lembrar dos nossos deveres e acabamos caindo nesse abismo de pensamentos e incertezas.

Hey gente ^^ sumido .. mas vamos lá ..
Essas foram as comprinhas da semana ^^ eu comprei um kindle, sem ser o paperwhite
o normal mesmo kkk bem na humildade.. e agora comprei uma capinha e uma luminária
para ler de noite pois ele não tem iluminação.
O kindle com iluminação é o paperwhite. E ele é mais carinho kkk então ..
Bora fazer as gambiarra kkk



Gente... to viciado nessa mulher ..
Desde descobri ela na apresentação do Summertime Ball onde ela cantou Lush Life, e uma parceria com MNEK Never Forget You, e que voz, que requebrado, que fofa.
Gostei demais, tem me acompanhado muito nos ônibus da vida.

Vamos conhecer? Here we go
Começa assim:
(Situação: gripado, dor no corpo, nariz assado, olho ardendo)

- Mãe não estou aguentando, compra um benegrip, um apracur, algo do tipo pra ver se melhora?
- Quando eu estiver voltando da igreja com seu pai passo na farmácia e compro.
- Ok.
(Esqueço de avisar pro pai, (confiando que minha mãe vai avisá-lo)( e sim ela avisa))
Quando o pai chega...
- Aqui seu benegrip foi 7 reais, eu dei 10, pega o troco e me dê os 10. Se eu não tivesse dinheiro como teria comprado? 

- Minha mãe esqueceu de pedir, pai eu só tenho uma nota de 50, eu tinha que trocar, posso trocar amanhã na faculdade e te dar de noite? ou você tá precisando urgente? 
- Aff! Da próxima vez me dê o dinheiro se quiser que eu compre algo pra você, se eu não tivesse como é que você ia comprar? Quer as coisas e num dá o dinheiro. Me dê os 50 eu te dou 40.
- Poxa pai o que que tem eu não ter dado, se você não tivesse era só não comprar. 
- E você amanhã ficar reclamando dessa gripe...
~ ~ ~ ~

Ai eu te pergunto um pai que não pode fazer uma gentileza, pagar um negócio de 7 reais sendo que tem mais, fica esperando sempre um retorno, fica passando na cara as coisas que faz, e reclamando que ninguém ajuda ele então também não tem que ajudar ninguém não. Voltando a pergunta esse pai tem a cabeça no lugar? Um pai que faz as coisas pros outros, ajuda gente de fora, o povo decepciona ele, e ele desconta na familia tem a cabeça no lugar?

(PS: teve a discussão em voz alta dele com a mãe ... que reclamou da atitude dele, com ele gritando mandando ela calar a boca, dizendo que ela tava enchendo a paciência dele, que era o demônio pra atentar a cabeça dele, se achando o dono da razão) mas isso a gente releva.

Situação> Filho triste sabendo que com o pai não se pode contar, mãe triste pelo marido, e pelos gritos, aquele silêncio. 


Defenda-o, porque eu sou o filho.

:(


Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho!

Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude.
Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!
Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?
Seria a Morte sua companheira para toda a vida?
É chegada a hora da verdade.


São três livros: Não Pare!, Não Olhe! e Não Fuja!
Os livros são da editora Valentina, que arrasou!
Os livros são lindérrimos, as capas tudibão, nem sabia que a autora era brasileira, porque está com acabamento de ponta.
O livro é de 2015 e tem 280 páginas que correm tão rápido como um de 100.



O QUE EU ACHEI DO LIVRO?
-------------------------------------
Maravilhoso! FML Pepper arrasou, eu conheci o livro através do skoob, ela entrou em contato comigo, e logo comprei o livro. O primeiro livro é bastante introdutório, porém te prende até o final do livro e acaba sendo o motivador central para você comprar o segundo.
O livro me lembrou um pouco Instrumentos Mortais, porém logo em seguida me tirou do barco e ficou algo bem legal e original, o segredo é não ficar associando a nada e apenas curtir a história. Queria muito ter comprado o segundo para emendar, mas a verba não permitiu 'such a thing', e só digo que... "Esse livro não é suficiente, preciso do próximo urgente, de mais Nina, de mais Richard."

Gente como estavamos falando de espaços de leitura, vi em um site, que em 2014 teve um concurso de casas de árvore futuristas, e achei interessante mostrar, essa da foto acima foi a ganhadora.
Se chama "Tree Hopper".
Foi criada para desconectar as pessoas do caos urbano, sem precisar sair da cidade.


Achei uma boa esse formato de sei lá Colméia de abelha. Porém com casulos, que aparenta ser um ótimo lugar para leitura.

No concurso teve o 2º lugar, essa fica na Polônia.
E o 3º que fica nos EUA.

Achei interessante
:) Bye pessoal.